Cidades

Deputado Rosemberg e prefeito Emerson buscam investimentos para abastecimento de água, segurança e pavimentação em Santa Inês

Divulgação

Em atenção às demandas de Santa Inês nas áreas de ampliação do sistema de abastecimento de água, segurança e pavimentação, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) articulou e acompanhou o prefeito Professor Emerson Eloi (PT) em audiências na Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), Delegacia Geral da Polícia Civil e na Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER).O deputado abre portas para que a gente venha dialogar e correr atrás dos benefícios que nosso município precisa. É fundamental a ajuda dele”, conclui Eloi. Por sua vez, Rosemberg classificou a gestão santineense como exemplar, “sob a batuta do Professor Emerson, a qualidade de vida da população melhorou, ele é um gestor comprometido e organizado, esta última característica só facilita a atração de recursos via convênios junto ao Governo baiano, é um exemplo do PT”.Na Embasa, o gestor municipal reforçou a solicitação de extensão do fornecimento de água para as comunidades rurais de Itatiaia e Natu de Assis, além de apresentar um novo pedido da mesma ordem para a comunidade de São Paulinho. O presidente da Embasa, Rogério Cedraz explicou que, devido à pandemia de Covid-19, houve um atraso na execução da obra, mas garantiu que ainda este ano o serviço vai ser realizado. Com relação à comunidade de São Paulinho, o Cedraz informou que será feito um estudo de viabilidade técnica no local.Após a conclusão da obra, cerca de 100 famílias – 300 pessoas – serão beneficiadas com a ampliação do sistema de abastecimento de água nas comunidades de Itatiaia e Natu de Assis.Com objetivo de otimizar os serviços de segurança pública, foi apresentado à Delegada-Geral da Polícia Civil do Estado da Bahia, Heloísa Brito, a proposta para construção do Complexo Policial – Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep), que abrigará as sedes das polícias Militar, Civil e a delegacia.Como encaminhamento da reunião, toda a documentação, que já foi chancelada e apresentada pelo gestor, será enviada à coordenação de infraestrutura, responsável pela logística e, em seguida, à Secretaria de Relações Institucionais (Serin). Assim que licitadas, a empresa que vencer o certame deve implementar essa estrutura em cerca de seis meses.O novo investimento, que é de grande valia para o município e território e que contará com alojamento e acomodação para a polícia Militar, Civil, com almoxarifado, área de armazenamento de material, de aprisionamento. Enquanto gestor, avalio que a política de repressão não seja resolutiva, há necessidade de uma gama de políticas públicas no município, que envolve Educação e outras secretarias, uma sequência de ações e de investimentos em infraestrutura e melhoramento de espaços públicos”, avalia o prefeito.Por fim, na CONDER, em audiência, com o presidente da empresa pública, José Trindade; o deputado Rosemberg e o prefeito trataram dos convênios de pavimentação da Comunidade da Lagoa Queimada e da requalificação da Avenida Marechal Deodoro da Fonseca (Barro Preto).

Compartilhar

Últimas Notícias